EDUCAÇÃO DE TEMPO INTEGRAL: FORTALECIMENTO DE RELAÇÕES E COMPROMISSO SOCIAL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22476/revcted.v6.id457

Resumo

A Carta Pedagógica convida para a reflexão sobre uma experiência de Educação de Tempo Integral realizada em escola da rede municipal de Porto Alegre. O destinatário é o professor Fernando Haddad porque a proposta pedagógica desenvolvida foi inspirada em programas implementados durante a sua gestão no Ministério da Educação. A experiência é refletida com base em dois focos temáticos: o fortalecimento das relações e o compromisso social da escola. Esses temas foram apontados por crianças, professores, gestores e familiares como conquistas decorrentes da proposta, pois ampliaram as práticas de participação e impulsionaram o diálogo pedagógico e a democracia. A escola pública e o direito à educação de tempo integral são apresentados como bens inalienáveis e fundamentais para a garantia da dignidade e da cidadania de cada brasileira e cada brasileiro.  

Biografia do Autor

Marta Nornberg, UFPEL

Professora da área de Teoria e Prática Pedagógica, vinculada ao Departamento de Ensino da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Pesquisadora da Linha de pesquisa Formação de professores, ensino, processos e práticas educativos do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPEL. Doutorado em Educação (UFRGS). E-mail: <martanornberg0@gmail.com>.

Letícia Pacheco dos Reis Westphal, Universidade Federal de Pelotas

Professora da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre. Licenciada em Letras. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPel.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

Nornberg, M., & Westphal, L. P. dos R. . (2020). EDUCAÇÃO DE TEMPO INTEGRAL: FORTALECIMENTO DE RELAÇÕES E COMPROMISSO SOCIAL. Crítica Educativa, 6(1), 1–8. https://doi.org/10.22476/revcted.v6.id457

Edição

Seção

Dossiê temático "Democracia Participativa e Educação Cidadã"- Cartas Pedagógicas